Psicoterapia

quem-somos

Psicoterapia

Durante a psicoterapia familiar ou de casal, temos a oportunidade de descobrir as raízes desses conflitos, compreender a personalidade de cada familiar e identificar comportamentos destrutivos e construtivos. Um dos principais objetivos é potencializar as relações a fim de que cada indivíduo se sinta acolhido, pertencente e participante nas ações familiares. Assim, podemos construir uma ponte entre os familiares para que sejam capazes de usufruir os benefícios emocionais e materiais de um ambiente familiar saudável. O psicólogo atua como papel de intermediador entre o casal, ampliando o diálogo e a visão de mundo de ambos, que muitas vezes, por encontrarem-se sob efeito de fortes emoções, perdem o controle e não conseguem tomar uma decisão e modificar antigos padrões que não trazem mais benefícios para a relação.

Por mais que se queira, não se pode forçar alguém a fazer terapia. O que pode ser feito então? A menos que o seu parceiro diga que não quer fazer terapia porque deseja terminar o relacionamento, minha orientação é que um dos parceiros faça a terapia individual. O ponto é o seguinte: se ocorrer mudança em um dos parceiros, mudará a dinâmica do relacionamento e o outro acaba tendo que reagir de alguma maneira.

Portanto, mesmo que você queira fazer terapia e seu parceiro não, fazer terapia individual ainda pode mudar a situação de seu relacionamento. Quando alguém vai à terapia por iniciativa própria, estará mais receptível a ouvir de forma bastante objetiva os pontos de vista a respeito de seu relacionamento. Pode também ganhar uma nova forma de enxergar o que realmente está acontecendo. Você poderá compreender de maneira mais clara a forma pelo qual os dois – cada um com sua particularidade – está contribuindo para a situação do relacionamento como um todo.

Psicoterapia Adulto

Psicoterapia Infantil

Psicoterapia de Grupo

Psicoterapia Familiar

Agende sua Consulta e vamos tomar um café!

Agendar